"O beijo, amigo, é a véspera do escarro. A mão que afaga é a mesma que apedreja" - Augusto dos Anjos