Notícias

  • 28
  • MAR/2020

Carlos Casagrande conta o segredo para chegar em forma aos 51 anos

O Gshow procurou o ator, que mora em Miami há quatro anos com a mulher, Marcelly Anselmé, e os dois filhos, Theo, 13, e Luca, 10, e perguntou como ele conseguiu estacionar o tempo.

GSHOW.COM - Rever Fina Estampa ajuda a matar as saudades de muitos atores que estão longe da telinha. É o caso de Carlos Casagrande, o Juan. Faz oito anos que ele atuou na novela e se o compararmos com o Casagrande de 2011, ano em que a trama foi ar, parece que o tempo não passou para ele, pelo contrário, o aprimorou.

O Gshow procurou o ator, que mora em Miami há quatro anos com a mulher, Marcelly Anselmé, e os dois filhos, Theo, 13, e Luca, 10, e perguntou como ele conseguiu estacionar o tempo.

“É simples. Para retardar o envelhecimento é preciso se cuidar. É um modo de vida diferente da maioria. Eu como pouco, tenho uma dieta rigorosa, acompanhamento médico frequente, faço reposição hormonal, treino todos os dias na academia, faço ioga e medito duas vezes por dia”.

"Medito antes de dormir e ao acordar. Estes são os momentos ideais para praticar, porque durante o sono o adulto vibra em Tetha (frequência de ondas cerebrais), que é a mesma vibração que uma criança de até 7 anos tem. Então antes e depois do sono são os momentos mais próximos dessa vibração, que é quando o adulto tem mais facilidade de regravar o seu subconsciente. É a porta para a criação ou co-criação do seu futuro".

Na parte da manhã seu cardápio é composto de três ovos, uma banana com canela e café. O almoço tem salada, camarões grelhados e uma fruta. No lanche, batata doce com canela. O jantar é o mesmo do almoço quando os camarões são substituídos pelo frango. Antes de dormir ele toma uma vitamina. Apesar da rotina saudável, Casagrande atribui à paz de espírito o segredo para uma aparência jovem e saudável.

“O que mais rejuvenesça talvez seja a calma e a tranquilidade de enfrentar qualquer problema ou discussão. A ausência de estresse ajuda muito a viver melhor. E, claro, conviver com duas crianças de 10 e 13 anos faz eu me sentir como criança por diversas vezes”, diz ele, que pretende frear o tempo: “Eu pretendo estar igual aos 100 anos. Para mim, idade é só um número. Hoje temos uma ciência e medicina muito avançadas, só envelhece rápido quem quer. Também acho importante expandir a mente."
 
 
Compartilhar:
topo voltar 0 Pessoa(s) Comentaram:

Os campos abaixo apresentam erro:

    Seu comentário foi enviado com sucesso! Aguarde a moderação publicá-lo.